Como tornar a sua área de compras em um setor estratégico para sua empresa



No contexto das empresas, as funções da área de compras têm se expandido para além da simples aquisição de mercadorias e a contratação de serviços. Na mesma medida, os profissionais têm se tornado cada vez mais qualificados e preparados para modernizar processos, firmar parcerias e aumentar a eficiência.

Portanto, uma empresa que valoriza o trabalho desse setor e reconhece a sua importância agrega grande valor aos seus processos e se torna mais competitiva no mercado. Se você tem interesse em aprimorar os resultados do seu negócio, que tal começar pela atividade de suprimentos? Continue lendo este conteúdo e aplique as nossas dicas.

Qual é o papel da área de compras?

Em termos simples, a área de compras é responsável pela:

• seleção de potenciais fornecedores;

• fluxo de materiais dentro da empresa; 

• acompanhamento da entrega dos pedidos.

Isso quer dizer que é necessário adquirir os insumos nas quantidades corretas para abastecer a produção, evitar atrasos e construir uma relação favorável com fornecedores.

Além disso, a negociação de preços e contratos é uma parte importante das atividades da área, que resulta na obtenção de preços competitivos e consequentemente, a redução de custos.

Por isso, o primeiro passo para o sucesso desse departamento é o alinhamento das estratégias com os objetivos organizacionais.

Como ampliar o papel estratégico da área de suprimentos?

Agora que a equipe gestora já está consciente da necessidade da área de compras, é importante conhecer ideias para colocar essa iniciativa em prática.

Implemente sistemas de gestão integrada

Nesse cenário, a tecnologia é um dos fatores que têm potencial para alavancar os resultados e contribuir para a melhoria da performance da organização como um todo.

Na maioria das vezes, os sistemas de ERP constituem o primeiro tipo de sistema obtido. Com ele é possível manter um registro de todas as transações, garantir a acuracidade dos dados e automatizar processos. Contudo, existem opções mais modernas como inteligência artificial, robótica e blockchain que podem fazer toda a diferença.

Desenvolva um controle sobre os custos

O papel de um comprador está muito além da busca por fornecedores qualificados no mercado. Muitas empresas já atuam para desenvolver fornecedores em regiões próximas para minimizar o tempo de entrega e reduzir os custos logísticos. Outras iniciativas fecham contratos de longo prazo com o intuito de obter uma economia de escala.

Esses exemplos representam uma redução considerável nos custos que, em contrapartida, afeta o preço de venda e o volume de itens comercializados.

Crie parcerias bem-sucedidas

O conceito de parceria é uma situação em que ambas as organizações envolvidas têm resultados positivos. Por isso, a etapa de negociação é tão importante, pois:

• constrói uma relação de confiança;

• valoriza os serviços prestados pelo fornecedor; e

• abre um canal de comunicação e discussão.

Essa ideia de colaboração diminui as chances de problemas tanto com o abastecimento, como financeiros. Além disso, garante uma gestão compartilhada que atua para solucionar obstáculos de forma conjunta.

Por fim, é fundamental destacar que esse tipo de projeto deve partir da liderança para que a adesão e o comprometimento sejam efetivos.

Agora que você já conhece mais sobre o assunto, você pode encontrar ainda mais conteúdo em nosso blog. Acesse agora e confira!