Embalagens para Produtos Lácteos

Embalagens para Produtos Lácteos Embalagens para Produtos Lácteos Embalagens para Produtos Lácteos Embalagens para Produtos Lácteos
Descrição do produto

Estruturas: Laminada, coextrusada ou monocamada.

Cores: impressão em até 8 cores. 

Processo de impressão: Flexografia

Tipos de embalagens:

- Bobinas para a formatação no cliente: flow pack/almofada para leite em pó, queijo ralado, etc

- Formatadas individualmente: Stand-Up Pouch para bebida láctea, requeijão, creme de leite, sacos soldados soldados ou sanfonados e bisnaga em lápis para requeijão cremoso. Com aplicação de zíper, alça, furos para gancheira, chapéu mexicano, furo de segurança
e picote easy open

Como escolher uma embalagem ideal

Além de valorizar a imagem do produto, a embalagem também é importante para sua conservação. No caso dos produtos lácteos, o tipo e a qualidade dos invólucros são essenciais para que se mantenham os requisitos básicos para o consumo, evitando que fatores externos, como as variações climáticas, avarias, insetos, microrganismos, entre outros, reduzam o shelf life (vida útil).

A conservação deve ser plena até a data estipulada de vencimento do produto e, para isso, a embalagem deve ser muito bem planejada de acordo com as especificações e tipos de alimentos.

Para uma embalagem eficaz, diversos requisitos são levados em consideração, como o o produto a ser envazado, o perfil do consumidor e a forma de consumo do alimento, sua validade, como será feito o armazenamento nos comércios e residências, qual estrutura mais adequada, entre outros.

Um bom exemplo disso é a maneira que este produto será consumido. O requeijão cremoso direcionado para consumidor final, utiliza o produto várias vezes durante alguns dias, por isso é fornecido em embalagem rígida, prevendo a abertura e o fechamento constantes, com praticidade, segurança e que mantenha a qualidade do alimento. Já o requeijão para profissionais do setor alimentício, a proposta é outra, pois provavelmente será utilizado de uma vez só, o que já altera sua fabricação e estrutura. Normalmente é fornecido em embalagem flexível, em formato de lápis ou Stand-up Pouch que facilita a aplicação no alimento, ocupa menos espaço mesmo em maiores quantidades. 

Alimentos refrigerados

Como o shelf life dos alimentos refrigerados é maior, a embalagem precisa assegurar que o produto chegue ao cliente em condições de consumo preservadas por mais tempo.

Para isso, é preciso que seja uma embalagem de alta barreira de proteção, resistente a rupturas, com boa selagem, estruturas apropriadas às baixas temperaturas. Além disso, deve ser impermeável devido à umidade dos refrigeradores que pode desidratar o alimento, alterar seu sabor e cor devido à oxidação.

Tendências

O Stand Up Pouch é tendência de embalagem flexível para alimentos lácteos devido ao seu design atraente, funcionalidade e versatilidade. Em forma de refil ou para uso definitivo, estas embalagens vêm conquistando a indústria alimentícia por facilitar a logística e armazenagem, ocupar menos espaço nas prateleiras, serem menos custosos. Para o consumidor a maior vantagem é a redução de desperdício devido à facilidade de abertura, com possibilidade de refechamento e porções menores e individuais.

Além disso, toda a cadeia produtiva, até seu descarte, é feita de forma muito mais econômica e menos agressiva ao meio ambiente.

Qualquer dúvida sobre estruturas, aplicações, características e acondicionamentos fale com um dos nossos especialistas!

Solicitar Proposta Comercial

Para maior assertividade, ajude os nossos especialistas a saber mais sobre a sua empresa e negócios: