Como o CRM está ajudando a gestão de clientes no varejo



A forma como empresas e clientes se relacionam atualmente demanda práticas de gestão muito próprias – sobretudo no cenário varejista, onde o comportamento do público mudou as estratégias empregadas para retenção. Naturalmente existem ferramentas que dão aos negócios a oportunidade de manter o seu público devidamente satisfeito. Trataremos neste artigo de como o CRM está sendo decisivo para a gestão de clientes no varejo.

O acrônimo para Customer Relationship Management pode ser livremente traduzido como Gestão de Relacionamento com o Cliente. Trata-se de um software que permite administrar a relação da empresa com seu consumidor. Isto ocorre por meio de procedimentos automatizados que organizam os dados dos consumidores. Posteriormente estes podem ser utilizados de forma estratégica, gerando a fidelização.

Além de obter e tratar informações privilegiadas, os canais de atendimento podem ser administrados por meio da ferramenta. Esta irá colaborar para estabelecer e manter um padrão de qualidade no setor. Os empreendedores que já utilizam algum sistema de gestão seguramente conhecem as vantagens das soluções informatizadas. A seguir vamos conferir mais detalhadamente a forma como o CRM impacta na gestão de clientes do setor de varejo.

Melhora a experiência de consumo com auxílio de base de dados sólida e permite a adoção de estratégias de Cross-Selling e Upselling

Para atender melhor ao público-alvo é necessário antes compreendê-lo. Considerando, dentre outras coisas, que nesta categoria podem estar incluídos perfis distintos de consumidores, com significativas diferenças comportamentais entre si. O CRM permite uma análise de características e tendências a partir do Big Data. Ou seja, partindo de um grande volume de dados.

Estes são fundamentais na definição de preços, na segmentação de produtos e personalização do atendimento. Assim, informações sobre os clientes ajudam a tornar o atendimento mais específico e assertivo. Para as equipes de vendas trata-se de uma boa oportunidade para aplicar estratégias de Cross-Selling e Upselling. Ambas servem como antecipação das necessidades do cliente. Tomemos como parâmetro o Upselling para entender melhor a questão.

Aqui podemos identificar aquele consumidor que sempre procura pelos itens mais atuais, direcionando as ofertas assim que estiverem disponíveis. A prática agrega valor ao cliente e ajuda a nutrir a imagem de uma empresa atenciosa com suas demandas. Já no Cross-selling podemos não apenas indicar produtos complementares, mas que ajudem o público-alvo a sanar suas dores mais eficientemente.

Temos, dessa forma, um dos exemplos de como o CRM está ajudando a gestão de clientes no varejo. O software fará o trabalho de armazenar e categorizar informações dos consumidores. A partir disto é construída uma base de dados que colabora na personalização do atendimento a partir dos perfis segmentados, gerando ações bem direcionadas.

Com esta ferramenta, históricos de consumo e interações tornam-se indicadores básicos sobre o comportamento do público-alvo. Como vimos, as análises empreendidas podem ser aprofundadas em nível ainda maior quando recursos como o Big Data são utilizados. A experiência de consumo oferecida é melhor porque a demanda de cada perfil é atendida em sua especificidade.

Como o CRM está ajudando a gestão de clientes no varejo: otimizando processos internos e integrando canais de atendimento

Como é possível trabalhar de forma assertiva os diversos canais onde a empresa atua, o esforço de aquisição diminui. Ou seja, há maior clareza e simplicidade nas atividades de venda e pós-venda. Um benefício que tem consequências diretas na facilidade com que o cliente entra em contato com a marca, não importando neste caso o meio utilizado ou a demanda a ser resolvida. Este benefício decorre da integração entre os canais de atendimento.

Digital, off-line, misto: o CRM ajuda a unir estes mundos para oferecer a melhor experiência. Há ainda outras formas através das quais o CRM está ajudando a gestão de clientes no varejo. As vantagens mencionadas, entretanto, figuram entre as mais impactantes.

Quer conhecer mais dicas que podem ajudar a melhorar a eficiência da sua empresa, alavancando os negócios? Então aproveite para conferir outros artigos em nosso blog.