Saiba quais os tipos de papel para seu projeto gráfico

10 de abril de 2017 - 4 minutos de leitura

Existem inúmeros tipos de papel, com muitas texturas, cores e destinados aos mais variados usos no mundo gráfico. Neste texto vamos conhecer os principais tipos de papel mais usados na indústria gráfica. Para entender os tipos de papel, porém, temos que levar em conta quatro características que todo papel possui.

A primeira delas é a gramatura, que é a medida de densidade do papel. A gramatura normalmente varia entre 50 e 350 gramas, sendo fator decisivo na hora de custear um impressão.

A textura é outra característica importante de um papel e determina como é sua superfície (lisa, áspera, calandrados, telados) e também a flexibilidade do papel, aplicando aos mais variados usos.

A terceira é a cor. A cor e a opacidade de um papel influencia na hora de imprimir. Se o método de impressão se utiliza de tintas transparentes, a cor do papel influencia na cor final do produto, e isso é algo a se levar em conta ao escolher a cor do papel.

Por fim, há o formato do papel, ou seja, a proporção de corte que o papel apresenta. Cada produto impresso pode ter um formato de papel específico, mas ele deve se adequar às proporções padrão de aproveitamento de papel para que não haja desperdício de papel ou recursos na impressão do projeto gráfico.

Com essas características em mente, vamos aos tipos de papel mais usados pelas gráficas:

Papel offset

É um papel liso, uniforme, de baixo custo e resistente à umidade, o que o torna mais adequado aos processos de impressão como o offset a litogravura. Um dos tipos mais utilizados na indústria gráfica.

Papel couché

Basicamente, o couchê é um papel base revestido por uma camada de carbonato de cálcio, látex e outros aditivos, a fim de deixar sua superfície mais regular e lisa. Pode ser produzido com brilho ou fosco, sendo usado na impressão de folhetos, revistas, cartazes e livros de ilustrações.

Papel-jornal

É um papel de baixo custo produzido a partir de restos de madeira e destinado a produção de material gráfico barato e de baixo tempo de vida útil, como por exemplos jornais diários e publicações esporádicas. É acinzentado e poroso.

Papel sulfite

Sulfite, um dos tipos mais conhecidos de papel, nada mais é que um papel offset que recebeu adição de sulfito de sódio durante sua produção. Muito usado para impressão caseira, como escritórios, cartórios, escolas, etc., normalmente na proporção A4 ou A3.

Papel-moeda

Papel de segurança, utilizado para a fabricação de cédulas de dinheiro, é um papel resistente que recebe uma variedade de impressões de segurança, como tinta holográfica, tintas invisíveis (vistas com luz UV), marcas de relevo, etc., tudo a fim de evitar a falsificação das notas de dinheiro.

Papel bíblia

Papel bíblia é um papel de baixíssima gramatura destinado à produção de livros com muitas páginas para baratear o custo de impressão e otimizar o armazenamento e transporte. Usado na Bíblia, em dicionários e enciclopédias.

Papel almaço

Papel pautado, normalmente dobrado em dois, para que apresente quatro páginas unidas entre si. Muito utilizado para a escrita à mão livre, como provas e redações em escolas e universidades.

Escolha o tipo de papel mais adequado para o seu projeto gráfico e venha imprimir com a Tiliform!

Tags: , ,